Ponteiros

Sujeito a alteração com processamentos fora de hora. Verificar periodicamente recarregando a página.


Programação de Req.

Sujeito a alteração de acordo com horarios convencionados.

Notícias

12:29 | Homem é preso em flagrante por armazenar conteúdo de pedofilia

Enfermeiro foi preso em flagrante
Enfermeiro foi preso em flagrante Reprodução/Record TV Rio

Um enfermeiro de 50 anos foi preso em flagrante, nesta quarta-feira (25) por armazenar conteúdo pornográfico infantil em Cachambi, na zona norte. O suspeito é o único alvo na megaoperação da Polícia Federal no Estado do Rio.

A ação foi realizada pela Polícia Civil de São Paulo e cumpre 219 mandados de busca e apreensão em quatro estados da federação: SP, RJ, MG e RS. Até o final desta publicação pelo menos 40 pessoas já haviam sido presas.

Em entrevista à Record TV Rio, a delegada Paula Mary afirmou que com o suspeito foram encontradas uma série de arquivos com cenas de violência sexual contra crianças. O material será encaminhado à perícia. 

RJ: Polícia prende 15 pessoas em operação contra tráfico de drogas

O objetivo da operação é localizar arquivos digitais compartilhados na Deepweb, conhecida como "internet invisível", onde ocorrem atividades ilegais, em que os suspeitos se valem do anonimato para exibir, acessar e compartilhar imagens de abuso sexual infantil, evitando a ação policial.

De acordo com a delegada Paula Mary, a investigação teve início no ano de 2018, quando, após um intenso monitoramento, um suspeito de pedofilia foi identificado arquitetando um plano de vender a sobrinha para pedófilos na Rússia.

O plano consistia em levar a criança para o parque da franquia da Disney, localizado no continente europeu e, de lá, deixar a criança com os traficantes da Rússia e alegar que ela teria se perdido no parque.

Com essa investigação, segundo a polícia, os trabalhos se intensificaram, seguindo os rastros pela Deepweb, revelando uma rede de pedófilos que produzem, vendem e compram vídeos de crianças em situações sexuais, inclusive com envolvimento em tráfico para exploração sexual.

*Estagiária do R7, sob supervisão de PH Rosa

Leia mais

11:10 | Taxa de ocupação de UTIs para covid-19 no Rio chega a 93%

Número de casos da covid
 subiu no Rio de Janeiro
Número de casos da covid subiu no Rio de Janeiro Umit Bektas/Reuters - 14.04.2020

O Rio voltou a ter um patamar preocupante de ocupação de leitos de UTI para o combate à covid-19. Nesta quarta-feira (25), a taxa de ocupação para tratamento intensivo da doença chegou a 93% na rede SUS. Os números englobam os leitos de unidades municipais, estaduais e federais

Se forem considerados também os municípios da Baixada Fluminense ao todo 146 pacientes aguardavam transferência para leitos especializados. Deste total, 73 eram para UTIs.

Além dos níveis alarmantes nas UTIs, a taxa de ocupação de leitos de enfermaria para tratamento do novo coronavírus na capital estão em 70%. Os dados são da SMS (Secretaria Municipal de Saúde).

Ao todo, a rede SUS da capital tinha na manhã dessa quarta 1.087 pessoas internadas em leitos voltados ao combate à covid-19, sendo 513 em UTI. Desse total, 541 pacientes estão em unidades de saúde do município, sendo 264 em UTIs.

Leia mais

11:01 | Motoboys protestam por desaparecimento de colega no Rio

Um grupo de motoboys faz, nesta quarta-feira (25), uma manifestação em frente ao Palácio Guanabara, na zona sul do Rio, pelo desaparecimento do colega. O protesto que teve início às 8h interditou os dois sentidos da rua Pinheiro Machado.

Entregador desapareceu no domingo (22)
Entregador desapareceu no domingo (22) Reprodução/Record TV Rio

Márcio Alexander Nunes, de 33 anos, desapareceu no domingo (22) após fazer uma entrega em Vila Isabel, na zona norte da cidade. Segundo familiares, a cliente do auxiliar administrativo ligou e disse que ele não chegou ao destino.

RJ: Polícia prende 15 pessoas em operação contra tráfico de drogas

“Nós já fomos nos hospitais, no IML (Instituto Médico Legal), demos parte na Cidade da Polícia e até agora nada. Não tem registro de assalto, não tem registro de acidente... Simplesmente ele desapareceu.”, disse a esposa Daniely dos Santos Pimenta, em entrevista à Record TV Rio.

Ainda de acordo com Daniely, ela e o marido trocavam mensagens antes do desaparecimento. Marcio também chegou a mandar um áudio para a mãe afirmando que ia fazer a última entrega do dia. A mulher acredita que ele pode ter sido vítima de um sequestro.

Em nota, a Polícia Civil afirmou que o caso está sendo investigado pela DDPA (Delegacia de Descoberta de Paradeiros). O órgão afirmou que os familiares já foram ouvidos e imagens de câmeras de segurança serão analisadas. Além disso, os agentes informaram que estão verificando em hospitais possível entrada de pacientes vítimas de acidente e no IML (Instituto Médico Legal) do Centro para localizar o motoboy.

A rua Pinheiro Machado já foi liberada, mas ainda há retenções a partir da avenida 31 de março, na Presidente Vargas, e no túnel Santa Bárbara, sentido Laranjeiras. O trânsito também apresenta lenditão nas ruas Senador Vergueiro, Marquês de Abrantes, Paissandu, São Salvador, Conde de Baependi, Ipiranga e no viaduto Jardel Filho. 

*Estagiária do R7, sob supervisão de PH Rosa

Leia mais

10:24 | RJ: Polícia prende 15 pessoas em operação contra tráfico de drogas

Outros três suspeitos permanecem foragidos
Outros três suspeitos permanecem foragidos Divulgação

Agentes da 135ª DP (Itaocara) prenderam 15 pessoas em uma operação contra o tráfico de drogas em Itaocara, no Noroeste do Estado do Rio, nesta quarta-feira (25).

Procon do RJ lista 200 sites de comércio online não recomendados

Segundo a polícia, entre os presos estão chefes de facções criminosas que atuam no município. Outros três suspeitos, que também são alvos da ação, permanecem foragidos.

A Operação Assepsia foi montada através de investigações da Polícia Civil da cidade e contou com o apoio da Polícia Militar e da Guarda Municipal.

*Estagiária do R7, sob supervisão de PH Rosa

Leia mais

10:20 | RJ: Renovação de matrícula na rede estadual começa nesta quarta (25)

Renovação poderá ser feita de forma online
Renovação poderá ser feita de forma online Jornal Opção

Começa nesta quarta-feira (25) a renovação da matrícula na rede estadual de ensino do Rio de Janeiro para 2021. Por conta da pandemia da covid-19, o procedimento poderá ser feito pela internet para evitar aglomerações.

O cadastro também ocorre de forma presencial, mas será preciso agendar data e horário, diretamente com a escola.  Para os alunos que pretendem permanecer na mesma unidade escolar, o prazo para garantir a vaga vai até o dia 3 de dezembro.

Cidadãos comuns podem monitorar as eleições por aplicativos

Já os estudantes que preferirem mudar de colégio ou que vão ingressar na rede estadual, a primeira fase da pré-matrícula vai iniciar no dia 4 de dezembro. O procedimento deve ser feito pela internet e o candidato terá três opções de escolas de sua preferência. O resultado será divulgado em 30 de dezembro.

Além disso, a Seeduc (Secretaria de Educação) prevê em 2021 matrículas especiais para os estudantes do 3° ano do ensino médio que desejarem aprofundar o conteúdo do último ano. O calendário de inscrições ainda não foi divulgado.

*Estagiária do R7, sob supervisão de PH Rosa

Leia mais

07:57 | Cidadãos comuns podem monitorar as eleições por aplicativos

 Apps possibilitam denunciar e acompanhar a apuração
Apps possibilitam denunciar e acompanhar a apuração Marcelo Camargo/Agência Brasil

O sistema de votação eletrônica no Brasil dispõe de mais de um mecanismo de monitoramento das eleições e de controle direto por parte da população. Além de acompanhar a apuração dos votos, há canais para apresentação de denúncias por pessoas comuns e verificação das investigações.

Qualquer cidadão pode monitorar os votos recebidos pelos candidatos nas urnas das seções eleitorais. Um aplicativo chamado “Boletim na Mão” possibilita ao eleitor ler uma cópia digital dos boletins de urna no próprio celular ou tablet. O app está disponível no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em versões Android e IOS.

Como descreve a página da Justiça Eleitoral, “com o celular aberto no aplicativo, o eleitor ‘escaneia’ o QR Code nas seções eleitorais de interesse e confere, posteriormente, se os dados coletados correspondem a aqueles totalizados e divulgados no site do TSE”.

Sem fraude comprovada

O Brasil iniciou o uso de urnas eletrônicas em caráter de teste nas eleições municipais de 1996. A partir das eleições de 2000, também municipais, o país inteiro passou a escolher prefeitos e vereadores por meio do voto eletrônico. Em 24 anos de uso dos equipamentos e sistemas eletrônicos, não houve nenhum caso identificado e comprovado de fraude.

A cada pleito, a Justiça Eleitoral faz testes públicos de segurança. Qualquer cidadão pode participar desses eventos que avaliam a inviolabilidade das urnas e dos sistemas que transmitem informações sobre os votos e sua totalização.

Além dos testes públicos, a Polícia Federal, o Ministério Público e universidade, como a Universidade de Campinas (Unicamp), realizaram ao longo desses anos perícias e auditorias para examinar a segurança do voto, o sigilo das escolhas de cada eleitor, a estabilidade e confiabilidade dos sistemas em uso.

Veja também: Pandemia segue no centro das campanhas em São Paulo

Qualquer pessoa pode apresentar denúncias em tempo real pelo celular sobre práticas indevidas ou crimes eleitorais cometidos no dia da votação ou em outro momento. Um aplicativo para denúncias eleitorais está disponível em versões Android e IOS nesta página.

Os procedimentos de fiscalização e auditoria do sistema eletrônico de votação estão estabelecidos na Resolução nº 23.603/2019. Na internet, a Justiça Eleitoral detalha o passo a passo da votação e ainda responde às 20 perguntas mais frequentes sobre a segurança das eleições. Para saber mais, acesse aqui.

Confira 7 boatos já desmentidos sobre as urnas eletrônicas no Brasil

Leia mais

retirado do R7.com